HGJAF inaugura doze leitos de tratamento semi-intensivo

0

O deputado Antônio Passos, e o governador João Alves, nos corredores da nova unidade
O Hospital João Alves Filho recebeu hoje, 19, a única unidade de tratamento semi-intensivo do Estado em hospitais públicos. São 12 leitos, dois por enfermaria, que estão prontos para receber pacientes em situações intermediárias. A unidade representa um avanço para o hospital que atende boa parte do Estado de Sergipe, e até pacientes do interior.

A unidade de tratamento semi-intensivo funcionará como intermediária entre a UTI e a enfermaria. “A semi-intensiva permite que o paciente que saiu do estado crítico venha pra unidade intermediária, que não existia no hospital. Algumas vezes o paciente fica muito tempo na UTI por que não pode ir para enfermaria direto. Com esses doze leitos o paciente que esteja em condições deixará o leito livre na UTI”, explicou o diretor do hospital Gilton Pinto.

No entanto, mesmo com esses novos leitos, o hospital ainda apresenta dificuldades em receber a demanda de pacientes. Isso deve ser atenuado com a transferência da unidade de pediatria para o Hospital Infantil, que deve ser inaugurado até o fim do mês. Será liberado espaço para mais 30 leitos dentro do HGJAF, atingindo um número próximo a proporcionalidade de leitos Intensivos por leitos normais, indicada pelo Ministério da Saúde.

Desafios para o próximo governo

O governador, e ao seu lado o Secretário de Saúde, Silvani Pereira
O secretário da Saúde, presente na inauguração dos leitos, comentou que a saúde pública extrapola qualquer política partidária. “O cidadão tem que ser tratado com respeito, principalmente no momento de fragilidade que é o momento de doença. Nesses seis meses que passei na secretária, muitas vezes eu convivi com processos que queriam impedir a abertura de unidades, simplesmente por questões políticas. Sendo que o maior prejudicado é a população”, declarou Silvani Pereira.

“Acho que o novo gestor tem a oportunidade de levar suas diretrizes adiante. A secretaria de Saúde vai ser entregue sem nenhum tipo de débito e com estoque de medicamentos. O que vai permitir um redirecionamento de acordo com as diretrizes que o novo governador irá implantar”, concluiu o secretário.

O governador João Alves, afirmou, durante a cerimônia, que deixa o governo do Estado com uma das melhores políticas de saúde do Brasil. “E de longe é uma das melhores do Nordeste”, ressaltou.

 

 

 

 

 


 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais