Histórico da estilista Rita Neves

0

Rita Neves entre as modelos sergipanas Renata Alves (e) e Mariana Almeida (d)
Rita Neves começou sua carreira  desenvolvendo para várias marcas cariocas como a Animale, Maria Bonita Extra e Cantão. Além disso, a estilista sempre assinou figurinos para televisão, como os da série ‘Casa das Sete Mulheres’, da rede Globo. Em 2001 decidiu abrir sua própria marca, e juntamente com Isa Lima fundou a marca Domitila. “Foi um período muito bacana porque a marca começou a fazer muito sucesso no Rio”.

Há um ano e meio Rita vendeu a ‘Domitila’ e construiu a marca que leva seu nome: Rita Neves. Com a nova marca, a estilista atende clientes e lojas multimarcas como a Daslu de São Paulo e até o ano passado a loja Heaven, de Aracaju. Em 2007 começou a desenvolver para o público infantil a marca Dona Ritinha, e reabriu sua loja. “Eu gosto muito do feedback do cliente”, explica.

No fim de 2007 Rita resolveu se mudar para Aracaju, após reencontrar uma grande paixão. “Eu encontrei meu ex-namorado de 25 anos atrás, por acaso no Orkut, e começamos a manter contato. Nós nos encontramos em Salvador e como ele mora aqui eu vim conhecer Aracaju. Me apaixonei pela cidade. Resolvi fechar tudo no Rio e me mudar pra cá”, declara Rita.

Um dos vestidos da nova coleção da estilista / modelo: Francis Rayzelli (Mega)
Uma das motivações da vinda da estilista para a cidade foi a grande violência enfrentada no Rio de Janeiro. “Adoro o Rio, mas não consigo mais viver com a violência lá. Já sofri vários assaltos e minha mãe já foi vítima de um seqüestro relâmpago. Quando você tem a sensação de não estar mais segura em casa, não dá pra viver. Aqui eu tirei um piano das minhas costas”, fala.

Segundo Rita, Aracaju está recebendo-a de braços abertos e com muito aconchego. “Estou muito feliz aqui. A cidade está me recebendo muito bem”, fala sorrindo.

 

Por Ben-Hur Correia e Gabriela Amorim

Comentários