Hoje tem Del Feliz no Gonzagão

0

Os forrozeiros que pretendem esquentar as turbinas antes dos festejos juninos já têm uma excelente opção: trata-se da “Festa do Arrocha 2”, que acontece hoje no Gonzagão, no conjunto Augusto Franco, e tem como uma das atrações o cantor e compositor Del Feliz. Baiano de Riachão do Jucuípe, não obstante a aparência “moderninha”, ele garante um forró raiz, na linha de Targino Gondim e Flávio José. “Como um bom ‘catinguero’ eu não poderia fugir das minhas origens. Cresci ouvindo rádio AM e Luiz Gonzaga. Tenho orgulho de fazer uma música que tem raiz, e, acredito que por isso, é tão estável, diferente desses modismos que vêm e vão”, analisa. Com apenas quatro anos de carreira profissional, o músico se orgulha dos cinco CDs que já lançou. “Trabalho desde os meus sete anos. Com onze comecei a tocar. Já tive mais de 60 profissões, entre elas vaqueiro, administrador, locutor e cantor de barzinho. Mas só me voltei exclusivamente para o forró, que é minha grande paixão, há quatro anos”, explica. E é dessa vivência tão intensa que Del Feliz retira o ‘material’ para as suas músicas. “As letras e canções que componho têm muito de mim e do que vivi, acabam refletindo um lado social que cultivo, é uma espécie de transferência”, diz. Nos shows que vem fazendo, o cantor está bem acompanhado. De um lado o zabumbeiro João Paulo – com uma cabeleira homérica – e do outro o sanfoneiro Franciel do Acordeon. No currículo ambos carregam participações em discos e turnês de gente como: Gilberto Gil, Aldemário Coelho, Flávio José e Daniela Mercury. “As pessoas que estão comigo não têm apenas uma qualidade musical excelente, mas possuem caráter e simpatia. Não poderia ter colegas melhores”, elogia Del. Pela segunda vez em Sergipe, o cantor está fechando contatos para fazer parte da programação junina do Estado. “O amor do povo sergipano pelo forró é de arrepiar. Fico emocionado quando venho para cá”, afirma. Ele também aproveita a passagem para divulgar seu quinto CD “Del Feliz ao vivo em Sítio Grande, São Desidério – Ba”, que traz canções em parceria com Targino Gondim e Aldemário Coelho. O disco também conta com releituras de músicas de Luiz Gonzaga, Alceu Valença e Nando Cordel. Hoje, no “Festa do Arrocha 2”, além de Del Feliz também participam do evento: Adalvenon, Márcia Moreno e Brasilian Boys (grupo de arrocha de Salvador). Outra atração ilustre é o Lourinho do Acordeon, que faz uma homenagem a Kara Véia. Para arrematar, a festa contará com a apresentação da Quadrilha Chapéu de Couro. O evento inicia às 21 horas. Conheça o site de Del Feliz

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais