Homem acusado de matar enteado vai a julgamento

0
Wallace: corpo enterrado próximo a uma escola (Arquivo da Família)

Começou nesta terça-feira, 17, o julgamento de Genisson Feitosa Marques, acusado de matar o próprio enteado, da apenas quatro anos de idade. Apesar do crime ter ocorrido no município de Japoatã, o julgamento está ocorrendo na sede da Comarca, na cidade de Cedro de São João.

Wallace de Jesus, na época com quatro anos, desapareceu no dia 4 de agosto do ano passado e o corpo foi encontrado no dia 3 de setembro daquele ano, enterrado em um local próximo à escola Edmundo Soares, no povoado Poxim, no município de Japoatã.

O padrasto Genisson Feitosa escondeu o crime, mas acabou confessando à polícia que teria tido um “um ataque de fúria” e teria enforcado a criança. Ele próprio teria levado a criança nos braços e enterrado naquele local, que fica próximo à residência da mãe da criança.

Pela manhã, prestaram depoimento frente ao corpo de jurados as cinco testemunhas arroladas pelo Ministério Público, autor da denúncia contra Genisson Feitosa. A defesa não apresentou testemunhas. Houve recesso para o almoço e o julgamento foi reiniciado nesta tarde, com o depoimento do réu e seguirá com os debates, na perspectiva de ser encerrado ainda nesta terça-feira, 17.

Por Cássia Santana

Comentários