Homem é agredido ao tentar cancelar cartão

0

Ele não solicitou o cartão e a loja informou que não poderia cancelar
O motorista José Luiz Vieira, 45 anos, diz que foi vítima de agressão dentro de uma loja do centro da cidade. Ele conta que foi até o estabelecimento para cancelar um cartão de crédito que recebeu sem solicitar, pois não queria ter que pagar anuidade.

Ao chegar lá foi informado que não poderia efetuar o cancelamento e que deveria pagar as anuidades, no valor de R$ 11. Diante da negativa ele se alterou e quebrou o cartão. Quando já se preparava para deixar o local, Luiz conta que recebeu dois murros no rosto. Saindo da loja foi pedir socorro aos policiais que não o atenderam.

Ao retornar ao estabelecimento ele disse que um carro da polícia já se encontrava lá, pois teria sido acionado pela gerência da loja. “Depois de ter sido agredido ainda queriam me levar preso”, relata o motorista. Após o ocorrido, ele prestou um Boletim de Ocorrência, fez exame de corpo de delito e afirma que irá processar a loja. “Tenho testemunhas e tudo foi filmado”, afirma.

A reportagem do Portal Infonet entrou em contato com a assessoria de comunicação da loja, mas até o fechamento da matéria a assessora não havia enviado declaração sobre o caso relatado por José Luiz.

Para orientar os consumidores, o Portal Infonet entrou em contato com um especialista em Direito do Consumidor que explicou como proceder para cancelar um cartão de crédito. Confira.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais