Homem é assassinado em São Cristóvão

0

Homem foi alvejado com dois tiros na face (Foto: Portal Infonet)
Mais um proprietário de sítio é assassinado no município de São Cristóvão, distante 25 km da capital sergipana. Desta vez, o crime que revoltou moradores do local, aconteceu no povoado Colônia Miranda, no início da noite desta quinta-feira, 17.

De acordo com a polícia técnica, a vítima identificada como Erivaldo Araújo Oliveira, de 49 anos, foi assassinada dentro da residência com dois tiros na região da face. O corpo foi encontrado na sala e a casa apresentava sinais de arrombamento.

Segundo Wellame Oliveira, irmão da vítima, no momento do assassinato Erivaldo conversava ao telefone com a esposa. “Ele estava falando com a mulher e de uma hora para outra ela ouviu uma voz dizendo assim: Cadê a bolsa? Cadê a bolsa? Nesse momento ela ouviu um barulho e o telefone acabou desligando. A esposa imaginou que tivesse acontecido algo de errado e nos avisou, quando chegamos aqui, ele já estava morto”, relata o irmão.

Ainda segundo Wellame, a vítima tinha vendido dois caminhões e decidido investir no sítio. “Ele trabalhava com caminhão e morava em Aracaju, mas na semana passada resolveu vender os carros para investir no sítio e trabalhar por aqui. Alguém pode ter vindo atrás desse dinheiro, que nem estava aqui. Um homem de bem, trabalhador, agora morto. Hoje ninguém pode mais levar uma vida  tranquila em um sítio”, desabafa.

Policiais da Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), estiveram no local e as primeiras informações dão conta de que uma das linhas de investigação deverá ser latrocínio -roubo seguido de morte. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) e ainda essa semana, familiares deverão comparecer a delegacia para prestar depoimento, no sentido de ajudar a polícia a elucidar o crime.

São Cristóvão

Em dezembro de 2010 duas pessoas também foram assassinadas em sítios no município de São Cristóvão. O primeiro aconteceu no povoado Tinharé, distantes 10 km do centro da cidade. A vítima foi o despachante Almir Bispo dos Santos,53 anos, assassinado a tiros

Já no dia 27 a segunda vítima foi Carlos Alberto Pacheco Gambardela, que tomava conta do sítio da família, localizado no povoado Alto da Jurubeba, quando foi alvejado durante um assalto.

Por Alcione Martins

Comentários