Homem é assassinado por falso agente de endemias

0

Dois corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) na última terça-feira, 23, dentre eles o Airton Benildes dos Santos filho, de 36 anos, que faleceu enquanto trabalhava em uma fábrica de embalagens plásticas, localizada no Distrito Industrial de Aracaju (DIA), e o de Expedito Benildes dos Santos, 38 anos, procedente da cidade de Frei Paulo, no interior sergipano, vítima de arma de fogo.

O homem teria sido assassinado no povoado Mucambo, ainda na manhã de terça-feira, 23. De acordo com informações da delegacia da cidade, um homem se passando por agente de endemias teria ido até a casa da vítima e disparado contra ele.

Ao adentrar a residência de Expedito, o suposto agente teria colocado remédio contra a dengue em alguns pontos do quintal, onde estaria a esposa da vítima. Expedito teria acompanhado o ‘agente’ até o interior da residência, momento em que teria recebido o tiro.

Policias da cidade ainda informaram que a vítima era ex-presidiário e que a polícia está investigando o caso e não descarta a hipótese de vingança.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais