Homem é condenado a 26 anos de prisão por matar criança

0
Menino teria sido morto pelo próprio padrasto (Foto: arquivo familiar)

O homem acusado de assassinar o próprio enteado, de apenas 4 anos de idade, foi condenado a 26 anos de prisão. Genisson Feitosa Marques foi julgado nesta terça-feira, 10, na Comarca de Cedro do São João. Ele foi condenado por homicídio qualificado e ocultação de cadáver , e de acordo com a setenção tem direito a apelação.

O crime ocorreu na cidade de Japoatã. O menino Wallace de Jesus desapareceuno dia 4 de agosto e o seu corpo foi encontrado no dia 3 de setembro, enterrado em um local próximo à escola Edmundo Soares, no povoado Poxim.

O padrasto Genisson Feitosa escondeu o crime, mas acabou confessando à polícia que teria tido um “um ataque de fúria” e teria enforcado a criança. Ele próprio teria levado a criança nos braços e enterrado naquele local, que fica próximo à residência da mãe da criança.

Comentários