Homem é preso acusado de comercializar LSD e Ecstasy

0

Pablo Giocondo dos Anjos foi detido em seu apartamento (Fotos: Portal Infonet)

Após um mês de investigação, o Departamento de Narcóticos da Polícia Civil (Denarc), com o apoio da Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (Dipol), prenderam na última terça-feira, 23, um homem suspeito de traficar drogas sintéticas no Estado.

Segundo a polícia, o sergipano Pablo Giocondo dos Anjos, 38 anos, comercializava comprimidos de Ecstasy, LSD e maconha em festas eletrônicas em Aracaju.

De acordo com o delegado André Baronto do Denarc, o suspeito foi preso em seu apartamento situado no bairro 13 de Julho. “Ele vinha comercializando a droga no meio da classe média e alta, pois elas são mais caras. Um comprimido de ecstasy custa R$ 50 reais. A investigação vinha há um mês e tínhamos um mandado de busca e apreensão onde ele morava. Com a investigação, chegamos até ele, encontramos o material entorpecente e foi feita a prisão. Ele entregava as drogas em festas, na própria residência dele e na casa de quem encomendava”, informa.

Policiais apreenderam drogas, dinheiro e comprimidos 

Caso foi investigado pelo delegado do Denarc, André Baronto 

Na residência do suspeito foram encontradas maconha, dinheiro, comprimidos de LSD e Ecstasy e anabolizantes. O suspeito confessou ter comprado o material entorpecente para venda.

Como a investigação irá continuar no intuito de prender possíveis envolvidos no tráfico, o Denarc preferiu não divulgar de onde foi adquirida a droga.

Pablo Giocondo dos Anjos já foi detido pelo Denarc há quatro anos, também por tráfico de drogas.

Por Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais