Homem é preso e polícia investiga indícios com crime

0
O homem permanece preso na Plantonista (Foto: Arquivo Portal Infonet)

A polícia investiga se um homem preso na região do Jatobá tem envolvimento na morte do sargento da PM. A informação da assessoria de comunicação da Polícia Militar é de que policiais da Radiopatrulha receberam uma denúncia de que o suspeito de ter assassinado o sargento Manoel André do Nascimento Neto, de 51 anos, estava no povoado Angelim.

Segundo a auxiliar da 5ª Seção da PM, capitã Evangelina de Deus, ao chegar no povoado os policiais empreenderam buscas quando notaram Thiago Rodrigo correndo para um barraco de madeira. Com o homem foi encontrada uma arma de fogo, conhecida como garrucha.

A Polícia Militar confirma que o suspeito, que foi preso por porte ilegal de arma de fogo, foi condenado a oito anos de prisão, sendo que ele cumpriu pena de quatro anos e está em liberdade condicional.

O ex-presidiário foi encaminhado para a Delegacia Plantonista onde foi lavrado o flagrante.

Morte PM

O sargento Manoel André do Nascimento Neto, 51 anos, foi vítima de disparo de arma de fogo, quando tentava evitar um assalto em um posto de combustíveis localizado na praia do Jatobá, no município de Barra dos Coqueiros, na noite da última sexta-feira, 20.

Por Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais