Homem é preso por simular venda de televisores para aplicar golpes

(Foto: SSP/SE)

Na manhã desta terça-feira, 2, a Delegacia de Turismo (Detur), com o apoio da Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (Dipol), efetuou a prisão de um investigado de 49 anos, em um condomínio residencial localizado no bairro Luzia, na capital. Contra ele havia um mandado de prisão expedido pelo Juízo da 1ª Vara Criminal de Aracaju, em decorrência da prática de estelionato.

De acordo com informações policiais, as investigações tiveram início em fevereiro deste ano, após uma vítima registrar um Boletim de Ocorrência relatando ter efetuado a compra de uma televisão e realizado um Pix para o suspeito, entretanto, jamais recebeu o produto adquirido. Em seguida, verificou-se a existência de, pelo menos, seis outros Boletins de Ocorrência com o mesmo modo de agir: o suspeito simulava venda de televisores às vítimas e, após receber o pagamento, não entregava os objetos.

Além disso, foi descoberto que o investigado estava envolvido em outros quatro casos de estelionato, com diferentes itens, totalizando assim dez Boletins registrados contra o homem.

Segundo a investigação, ficou evidente que a prática de estelionato constituía o modo de vida do suspeito, ocasionando uma série de prejuízos para as vítimas. Diante disso, a Detur solicitou a prisão preventiva do jovem, medida que foi deferida e prontamente cumprida na manhã desta terça.

Fonte: SSP/SE

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais