Homem é preso suspeito de tentar abusar de criança de 8 anos

0
“O investigado foi preso em flagrante pelo crime de estupro de vulnerável”, informou a SSP (Foto: SSP) (Foto: SSP/SE)

Um homem de 50 anos foi preso em flagrante pela Polícia Militar e conduzido ao Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV) após tentar abusar sexualmente de uma criança de oito anos. O caso ocorreu no bairro Japãozinho, na zona norte de Aracaju, neste último sábado, 2.

Segundo a delegada Meire Mansuet, que ouviu a vítima e o suspeito do crime, a criança brincava com o irmão quando o homem o chamou para comprar um refrigerante em um comércio próximo. A criança foi no estabelecimento, comprou o refrigerante e quando retornou foi levada para o fundo da casa do autor do crime.

De acordo com o relato feito no plantão do DAGV e para os policiais militares que atenderam a ocorrência, a criança foi puxada para sentar no colo do investigado. Neste momento, a criança deu uma “cabeçada” no autor e conseguiu se soltar e correr para a rua novamente.

A delegada Meire Mansuet disse que a criança fez o relato para a mãe e que ela, imediatamente, acionou a Polícia Militar. “A vítima ainda chegou a dizer na Delegacia que já escutou histórias sobre outros abusos praticados por esse homem contra outras crianças, informação confirmada por moradores”, relata a SSP.

A Polícia Militar precisou intervir, pois várias pessoas perseguiram o suspeito e com a possibilidade de princípio de linchamento. Ele foi detido e encaminhado para o plantão do DAGV, onde prestou depoimento até o final da tarde deste último sábado, 1º.

“Ao final do procedimento, e após ouvir a vítima, o homem de 50 anos e os policiais militares, a delegada Meire Mansuet concluiu o procedimento e o encaminhou para a Delegacia Especial de Atendimento à Criança e ao Adolescente Vítima, do DAGV. O investigado foi preso em flagrante pelo crime de estupro de vulnerável”, informou a SSP.

por João Paulo Schneider
Com informações da SSP

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais