Homem encontrado com pés e mãos amarrados morreu por asfixia

0
IML constata asfixia e Polícia Civil identifica sinais de arrombamento na casa da vítima (Foto: arquivo/Portal Infonet)

O Instituto Médico Legal (IML) identificou, preliminarmente, como asfixia a causa da morte de Rogério Correia dos Santos, 37, cujo corpo foi encontrado no sábado, 1º, dentro da casa onde ele morava, com sinais de violência. Conforme os primeiros levantamentos da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), quando as equipes chegaram à residência constataram que Rogério estava com os pés e mãos amarrados, além de possuir um pano envolvido na cabeça e com sinais de decomposição.

A Polícia Civil já iniciou as investigações, mas ainda não identificou suspeitos pela morte do homem. Conforme a assessoria de imprensa da SSP, os agentes envolvidos na investigação identificaram sinais de arrombamento da residência da vítima, no conjunto Tiradentes, no bairro Novo Paraíso, em Aracaju.

O inquérito já foi instaurado e está sendo conduzido pela delegada Juliana Alcoforado. Algumas pessoas já foram ouvidas. Aos policiais, conforme a SSP, os vizinhos informaram que Rogério era calado, que começou a morar na localidade há cerca de um mês e costumava receber amigos na residência.

As equipes envolvidas na investigação estiveram na casa onde o corpo foi encontrado e seguem coletando informações para localizar os envolvidos e esclarecer as motivações do crime. Conforme a SSP, o corpo já apresentava sinais de decomposição, o que sugere que a morte não teria ocorrido no dia em que o corpo foi localizado.

A comunidade pode colaborar para elucidar o mistério que ronda a morte desse homem. Informações podem ser enviadas através do Disque-Denúncia da SSP, pelo telefone 181. A ligação é gratuita e a identidade do informante será mantida em sigilo.

por Cassia Santana

 

Comentários