Homem matou mulher por enforcamento

0

José Nascimento está preso na delegacia de homicídios Foto:Portal Infonet/ Exclusiva DHPP
O crime que chocou a população sergipana foi desvendado pela equipe da delegacia de homicídios que montaram o quebra cabeças em torno da morte de Paula Andréa da Silva, de 35 anos, encontrada morta em uma pousada no Centro da capital, no dia 19 desse mês. O principal suspeito de ter cometido o crime, foi preso na última sexta-feira, 22, em Alagoas e transferido para Aracaju no mesmo dia.

Durante depoimento ao delegado da delegacia de homicídios, Sérgio Ricardo Leite Barbosa, o suspeito identificado como José Nascimento Pereira de Sousa, de 27 anos, disse que matou a mulher durante uma discussão. José Nascimento afirmou que cometeu o crime porque estava embriagado e que não se lembrava de nenhum detalhe. Mas o delegado desmente o preso.  

“José Nascimento chegou a Aracaju no dia anterior ao crime, por volta das 14h, se hospedou na pousada e pagou a conta antecipadamente. À noite, ele chamou um moto boy e foi se divertir em

Paula Andréia da Silva, de 35 anos, não teve direito a defesa Foto:Portal Infonet
uma seresta no Santa Gleide, passando também por outro bar localizado na avenida Maranhão. Passou a noite bebendo e somente por volta das 3h chegou em uma boate localizada no Centro, onde conheceu Paula e acertou um programa pela quantia de R$100”, relata o delegado, salientando que o casal chegou a pousada por volta das 5h30 da manhã da terça-feira,19.

Viagem

Segundo o delegado, Sérgio Ricardo, o suspeito do crime, teria vindo a capital sergipana para procurar emprego de cozinheiro.

Motivação

Funcionários da pousada disseram que logo que deram entrada no local, o casal discutiu bastante e por duas vezes foram chamados a atenção da recepcionista que pedia para conter os gritos. “Nessa discussão, a mulher dizia claramente que queria o dinheiro do programa antecipado”, conta Sérgio Ricardo, detalhando o fato.

“Ele confessou que durante a discussão, deu uma gravata nela e só soltou quando ela desfaleceu”,

A mulher foi morta por enforcamento Foto:Portal Infonet
diz o delegado.

Somente por volta das 7h10, José Nascimento deixou a pousada e disse para a recepcionista que a acompanhante estava tomando banho e sairia logo após. “Ele alega que estava embriagado, mas a recepcionista disse que ele saiu calmamente e até pagou a taxa de permanência de acompanhante”, ressalta.

Fuga

Quando saiu da capital sergipana, José Nascimento, disse que pegou um táxi lotação para Arapiraca, seguindo para a cidade natal em Major Izidoro. Nesse momento o delegado lembra que foi fundamental a grande repercussão do crime. “Quando ele chegou a sua cidade, as pessoas logo disseram que ele estava sendo procurando por matar uma garota de programa em Sergipe. Então ele tentou fugir, mas foi preso por policiais do batalhão de Alagoas”, esclareceu.

Passagem

O delegado salientou que José Nascimento não tem passagens pela polícia e que ficará a disposição da 5ª vara criminal.   

Por Kátia Susanna

Comentários