Homem rouba veículos, comete homicídio e morre alvejado

0

Assalto foi registrado em Boletim de Ocorrência na Delegacia Plantonista (Foto: Portal Infonet)

Um homem, identificado como Moisés Gomes da Silva, morreu após cometer diversos crimes na manhã de quinta-feira, 7. De acordo com as informações da Secretaria de Segurança Pública, através do Núcleo IML e Plantonista, Moisés foi o autor de um assassinato e de dois roubos de veículos. O primeiro crime foi registrado no bairro José Conrado de Araújo.

Ele teria anunciado o assalto no momento em que o condutor do veiculo de marca/modelo Honda City, de placa NVM – 6610, aguardava a família na porta de casa. Após o assalto, a vítima acionou a polícia através do Centro Integrado de Operações Especiais (Ciosp) e também se dirigiu ao Posto da Polícia Rodoviária Federal, na BR 235.

Ainda segundo as informações, a vítima pegou um táxi e começou a realizar buscas. O veículo foi encontrado nas imediações do bairro Veneza, ainda com o motor ligado e com o fundo e a lateral danificados, em decorrência de uma colisão.

De acordo com as informações registradas na Delegacia Plantonista, o dono do Honda City foi informado por policiais, que já estavam no local onde o carro foi encontrado e que o assaltante após colidir o veículo, abordou uma família que se encontrava em um Audi. Nesta ação, o acusado determinou que todos descessem do veículo, mas manteve o condutor ao volante, como refém, por não ter conseguido dirigir o veículo.

Ainda conforme informações da assessoria de imprensa da Secreraria de Estado da Segurança Pública, Moisés acabou sendo baleado no bairro São Carlos. A assessoria informa que o condutor do veículo, que estava como refém, reagiu e conseguiu tomar a arma que Moisés estaria usando para ameaçá-lo e acabou disparando contra o assaltante, que ficou ferido, mas morreu no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse). Conforme a assessoria da SSP, o próprio condutor do Audi, que foi feito refém, teria acionado a polícia e também o Samu para socorrer Moisés.

A SSP acrescenta que Moisés também teria cometido outro crime, após roubar o primeiro veículo. Ele é suspeito de ter matado Erasmo Carlos Xavier, no bairro Jardim Centenário, usando o primeiro veículo que roubou no bairro José Conrado de Araújo e que teria colidido o carro no momento em que fugia, após o assassinato.

Os crimes serão investigados pelo Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP).

Por Alcione Martins

Comentários