Homens presos em Tobias Barreto

0

Três homens foram detidos na tarde desta terça-feira, 24, acusados de planejar e executar o assassinato do comerciante Edson Alves dos Santos, 23 anos. O crime aconteceu por volta das 15h45, em Tobias Barreto, distante 127 km de Aracaju, e antes das 17h todos os suspeitos estavam presos.

Os primeiros a serem capturados foram Orlando Fontes de Santana, 25 anos, que teria usado uma pistola para matar a vítima, e Jair Barreto de Santana, que deu fuga numa motocicleta ao possível assassino. Os dois foram perseguidos até Riachão do Dantas, localizada a 99 km da capital.

A partir da prisão de Orlando e Jair, a Polícia Civil chegou ao eventual mandante do crime, o comerciante Juarez Francisco Sobrinho, 47 anos. “Eles admitiram o delito e os seus depoimentos apontaram para o terceiro acusado, que teria pago determinada quantia pelo crime”, informou o delegado Cleones Silva.

Ainda de acordo com Cleones, que é o delegado titular de Tobias Barreto, a vítima Edson Alves foi morta com vários disparos e testemunhas reconheceram Jair e Orlando como responsáveis. “No local encontramos estojos de munição calibre 380. A perícia deverá reunir mais dados para a investigação”, explicou.

O delegado acrescentou que os agentes da Delegacia da Polícia Civil de Tobias Barreto ainda não encontraram a arma usada no crime. “Fomos informados do homicídio e iniciamos de imediato as buscas, mas ainda não localizamos a pistola, apenas a moto usada na fuga, uma Honda Fan 125 preta e sem placa”, revelou.

O inquérito deverá ser concluído em 10 dias e a prisão dos três envolvidos será comunicada o mais rápido possível pelo delegado à promotoria de justiça de Tobias Barreto. “Vamos continuar apurando todas as circunstâncias do fato, inclusive interrogando mais pessoas”, adiantou o policial civil.

Essa é a sexta prisão registrada na Delegacia de Tobias Barreto desde a segunda-feira, 23, por diversos crimes. Nas última duas semanas também já foram custodiados na unidade local da Polícia Civil mais duas armas de fogo e os responsáveis, enquadrados por porte ilegal.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais