Idosa morre eletrocutada na zona rural de Poço Verde

0
IML: vítimas de descarga elétrica, acidente de trânsito e queda (Foto: Arquivo Portal Infonet)

Uma idosa morreu eletrocutada na zona rural do município de Poço Verde. O corpo da vítima foi encontrado pelo esposo em um celeiro, onde ela costumava cuidar dos animais na fazenda Poço do Incor, no povoado Lagoa do Junco. O episódio foi registrado por policiais militares da 2ª Companhia do 11 Batalhão da PM, que atua na região.

De acordo com o cabo Dantas Júnior, que integra a equipe daquela corporação militar, o episódio ocorreu no final da tarde e os policiais foram acionados entre às 17h e 18h da segunda-feira, 26. A vítima estava com o esposo no celeiro, que fica bem próximo à residência. Mas ele teria se ausentado e quando retornou, conforme os relatos feitos por ele aos policiais militares, encontrou a vítima  no chão e um fio de energia elétrica sobre o corpo.

O esposo revelou aos policiais, conforme o cabo Dantas Júnior, que retirou o fio usando um pedaço de madeira, mas a vítima já estava morta. Os policiais seguiram ao local e perceberam que a fiação tem origem na residência para levar iluminação ao celeiro. O corpo da idosa chegou ao Instituto Médico Legal (IML) na madrugada desta terça-feira, 27, às 2h22.

Outras mortes

Nas últimas 24 horas, o IML registrou outras duas mortes: Domingos da Conceição Santos, 53, caiu da motocicleta que pilotava e morreu, acidente ocorrido em uma rodovia estadual no município de Itabaianinha, e a idosa Arlene Bezerra da Silva, 73, foi vítima de queda da própria altura. Arlene Bezerra estava internada em um hospital privado, em Aracaju.

Por Cassia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais