Idosa morre eletrocutada na zona rural de Poço Verde

0
IML: vítimas de descarga elétrica, acidente de trânsito e queda (Foto: Arquivo Portal Infonet)

Uma idosa morreu eletrocutada na zona rural do município de Poço Verde. O corpo da vítima foi encontrado pelo esposo em um celeiro, onde ela costumava cuidar dos animais na fazenda Poço do Incor, no povoado Lagoa do Junco. O episódio foi registrado por policiais militares da 2ª Companhia do 11 Batalhão da PM, que atua na região.

De acordo com o cabo Dantas Júnior, que integra a equipe daquela corporação militar, o episódio ocorreu no final da tarde e os policiais foram acionados entre às 17h e 18h da segunda-feira, 26. A vítima estava com o esposo no celeiro, que fica bem próximo à residência. Mas ele teria se ausentado e quando retornou, conforme os relatos feitos por ele aos policiais militares, encontrou a vítima  no chão e um fio de energia elétrica sobre o corpo.

O esposo revelou aos policiais, conforme o cabo Dantas Júnior, que retirou o fio usando um pedaço de madeira, mas a vítima já estava morta. Os policiais seguiram ao local e perceberam que a fiação tem origem na residência para levar iluminação ao celeiro. O corpo da idosa chegou ao Instituto Médico Legal (IML) na madrugada desta terça-feira, 27, às 2h22.

Outras mortes

Nas últimas 24 horas, o IML registrou outras duas mortes: Domingos da Conceição Santos, 53, caiu da motocicleta que pilotava e morreu, acidente ocorrido em uma rodovia estadual no município de Itabaianinha, e a idosa Arlene Bezerra da Silva, 73, foi vítima de queda da própria altura. Arlene Bezerra estava internada em um hospital privado, em Aracaju.

Por Cassia Santana

Comentários