Idoso é preso acusado de abusar de enteada e netas em Aracaju

0

A Polícia Civil, por meio do Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV), realizou duas prisões preventivas na manhã desta quarta-feira, 24. Foram presos um homem, de 19 anos, pelo descumprimento de medida protetiva e ameaça de morte contra a ex-companheira e outro, de 64 anos, suspeito pelo crime de estupro de vulnerável.

Os agentes da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM) prenderam o homem de 19 anos, que já estava usando tornozeleira eletrônica por determinação do Poder Judiciário, mas, ainda assim, descumpriu a decisão judicial, aproximando-se da vítima e proferindo novas ameaças. A vítima procurou novamente a DEAM, quando então foi representada pela prisão preventiva do autor, cumprida nesta quarta-feira.

Já a equipe da Delegacia de Atendimento a Criança e Adolescente Vítimas (DEACAV) prendeu o homem de 64 anos, investigado por estupro de vulnerável cometido contra suas netas. “Através de uma denúncia anônima recebida por meio do 181, tivemos a informação de que o suspeito praticava abuso contra uma das netas de 7 anos de idade. Contudo, no decorrer da investigação encontramos indícios de que ele havia cometido abuso com outras três netas e muito possivelmente com a mãe delas, que é sua enteada”, disse a delegada Josefa Valéria.

Segundo a delegada, as vítimas tinham medo de denunciar, pois eram ameaçadas e não tinham apoio da avó, que não acreditava nos relatos. O homem está agora à disposição da Justiça, onde passará por audiência de custódia.

Fonte: SSP/SE

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais