IML: 11 mortes violentas apenas no domingo

0
IML: 11 mortes violentas (Foto: Arquivo Portal Infonet)

O Instituto Médico Legal (IML) registrou onze mortes violentas apenas no domingo, 2. Vítimas de acidentes de trânsito predominam, com quatro mortes, e também foram contabilizados três homicídios, três por afogamento e uma morte ainda a esclarecer.

O último acidente fatal foi registrado por volta das 20h40 na BR 235, tendo como vítima o motociclista Edson Pereira Nascimento, 45. Ele conduzia um ciclomotor e, na altura do km 61, ocorreu uma colisão transversal com um microônibus de placa KHR 2113, licença de Pernambuco. O motociclista morreu no local, três passageiros do microônibus sofreram ferimentos leves e o condutor deste veículo não foi localizado, segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Também foram vítimas de acidentes de trânsito, José Nascimento de Santana, que chegou ao Hospital de Urgência de Sergipe com vida, mas faleceu no domingo; João Rodrigues de Carvalho Filho, 56, acidente ocorrido no bairro América; e Alcides Andrade do Nascimento, 42, em acidente ocorrido no povoado Olhos D´Água, em Boquim.

Adelson Silva de Oliveira, 52, foi assassinado a tiros no município de Siriri. Há também mais outros dois homens assassinados, mas os corpos ainda não foram identificados. Um deles estava internado no Huse e o outro é procedente do local do crime, no povoado Lagoa Seca, no município de Moita Bonita.

Foram vítimas de afogamento, Washington Luis dos Santos, 32, ocorrência registrada em Neópolis, e outras duas vítimas, também do sexo masculino: um em Santana do São Francisco e outro em Estância.

O IML ainda não identificou a causa da morte da criança, identificada como Sofia de Assis Dantas, de pouco mais de um ano, encontrada sem vida da residência do próprio pai, no conjunto João Alves, em Nossa Senhora do Socorro.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais