IML libera corpo de ex-presidiário morto em Poço Verde

0
Policiais federais no IML na manhã desta sexta-feira (Foto: Portal Infonet)

Na manhã desta sexta-feira, 17, o Instituto Médico Legal (IML) de Sergipe liberou novamente o corpo do ex-presidiário, José Augusto, para o sepultamento em Poço Verde. José Augusto Aureliano Batista foi morto durante cumprimento de mandado de prisão em Poço Verde. Durante o velório, na última quinta-feira, 16, policiais federais removeram novamente para o corpo para o IML.

Peritos de Brasília passaram a noite no IML realizando exames. A nova necropsia servirá para avaliar se houve troca de tiros ou execução.

Família

Familiares da vítima, acusam a polícia de execução.  O ex-presidiário morreu na madrugada desta quarta-feira, 15, em ação da polícia civil realizada em Poço Verde para prendê-lo novamente. José Augusto já foi preso no ano passado no município de Paragominas, no Estado do Pará, acusado de integrar um suposto grupo de extermínio.

SSP

Durante coletiva para explicar a operação que resultou na morte do foragido, a superintendente Katarina Feitosa defendeu que a ação policial é considerada, a princípio, legitima, e que o suspeito já havia prometido receber os policiais a tiros, caso tentassem prendê-lo em sua residência.

“Os policiais não tiveram outra forma de detê-lo e de salvaguardar suas vidas”, alega, e ainda complementa "qualquer tipo de irregularidade vai ser investigada". A superintendente explicou ainda na última quarta-feira, 15, que após outra ocasião, quando houve a realização de busca e apreensão na casa de José Augusto, este declarou publicamente que se estivesse em casa no momento em que a polícia voltasse, que ele iria receber com tiros. “Ele cumpriu o que prometeu”.

Por Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais