IML não libera corpos após 18h

0

Lenaldo passou a noite nas dependências do IML
Um morador da cidade de Lagarto estava nas dependências do Instituto Médico Legal (IML), desde a noite de quarta-feira, 13, esperando a liberação do corpo do pai.

Lenaldo Barbosa dos Santos, afirma que o corpo do seu pai, Jaime Silvino dos Santos, 68 anos foi encaminhado ao IML, por volta das 19h30, após ter ficado internado durante dois dias no Hospital de Urgência João Alves Filho (Huse), e até às 7h30 desta quinta-feira, 14, não havia sido liberado.

“Eles me disseram que não tinha médico para liberar o corpo, então tive que passar a noite aqui esperando, já que moro no interior”, informou Lenaldo.

Segundo informações do Instituto Médico Legal, nenhum corpo é liberado após as 18h, porque também não existe nenhum médico trabalhando no local após esse horário.

Jaime Silvino havia sido internado no Huse, após ter o olho perfurado, ao cair sobre um pedaço de pau, na roça onde morava.

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais