IML registra cinco homicídios em apenas um dia

0
IML: plantão movimento no segundo dia do ano (Foto: Arquivo Portal Infonet)

O Instituto Médico Legal (IML) registrou um plantão movimentado. Em apenas um dia, ocorreram cinco assassinatos e duas mortes provocadas por afogamento. Dois crimes de execução aconteceram na capital sergipana, conforme os dados do IML.

Marcos Vinícios Gomes da Silva, 45, foi assassinado na porta de casa na rua vereador Deocleciano, no bairro Suissa, crime ocorrido na noite da quinta-feira, 2. Homens em um carro teriam se aproximado da vítima e disparado os tiros. Marcos Vinícios morreu no local. Por iniciativa própria, amigos recolheram o corpo aleatoriamente e o encaminharam para o Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), que não o recebeu porque a vítima já estava sem vida.

Do Huse, os amigos seguiram para o IML, cuja equipe de plantão também se recusou a recebê-lo sem a realização de perícia técnica. A família então seguiu para a Delegacia Plantonista e, após o registro do crime em Boletim de Ocorrência, em obediência aos procedimentos legais para casos de morte violenta, o corpo foi encaminhado ao IML para realização de autopsia.

O outro crime de execução ocorreu no bairro Industrial, por volta das 21h da quinta-feira, 2, em local próximo à residência da vítima. Evaldson Souza Araújo, 32, é ex-presidiário, por envolvimento em um crime de homicídio, e teria saído da prisão há cerca de 15 dias. A família acredita em vingança. “Ele estava andando, voltando pra casa, e alguém o chamou. Quando ele voltou, recebeu os tiros”, conta uma das irmãs da vítima, que prefere não ser identificada.

Outras mortes

Conforme já noticiado pelo Portal Infonet, uma outra vítima de homicídio é uma mulher, identificada como Niceline Silva Gois, 25, morta a tiros no Parque dos Farois. Os outros dois assassinatos também ocorreram na região metropolitana. Marcos Alessandro Ferreira de Lucena, 28, foi morto a tiros no canal do Guaxinin, na Barra dos Coqueiros, e José Edivaldo dos Santos, 36, foi assassinado com golpe de arma branca, no povoado Rita Cacete, no município de São Cristovão.

O IML encontrou o corpo do jovem que desapareceu na Ilha do Ouro, em Porto da Folha. Ele foi vítima de afogamento e o corpo permanece sem identificação oficial no Instituto Médico Legal. José Medeiro Santos, 59, também foi vítima de afogamento, ocorrido na Mata do Cipó, no município de Siriri.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais