Impasse entre delegado e proprietários de loja

0

O Delegado Jeferson Alvarenga diz que não houve agressão por parte do delegado
Em coletiva realizada na tarde desta segunda-feira, 5, o Delegado e Diretor da Associação de Delegados de Polícia, Jeferson Alvarenga, disse que o delegado Gilberto Guimarães não cometeu nenhuma agressão contra os proprietários de uma loja localizada no Bairro 13 de Julho.

“Por parte do Delegado não houve nenhuma agressão. A esposa do delegado foi agredida e fez um boletim de ocorrência e logo após um exame de corpo delito. Todos os procedimentos feitos pelo delegado foram corretos, ele em nenhum momento fez uso da força policial, apenas prestou queixa na delegacia plantonista no dia do fato”, disse Jeferson Alvarenga, ressaltando que os depoimentos dos proprietários da loja são contraditórios.

O empresário Alberto Almeida diz que foi agredido pelo delegado
“A esposa do delegado sofreu uma lesão corporal leve na presença da sua filha de cinco anos. As partes são contraditórias e as testemunhas deles são funcionários da loja. Esses fatos já foram levados a corregedoria de polícia que já ouviu todos os depoimentos e remeteu ao Poder Judiciário”, afirma.

A proprietária da loja, Arismar Brito disse que teme pela segurança dela e da família. “Esse fato aconteceu no último dia 15 de setembro e no dia seguinte fui ao Ministério Público e a Corregedoria da Polícia Civil. Meu marido, Alberto Almeida, foi agredido pelo delegado Gilberto Guimarães com socos e pontapés e logo depois fui surpreendida com a esposa dele prestando boletim de ocorrência contra a gente. O delegado fez ameaças por isso não queria envolver a imprensa nesse caso”, relata Arismar Brito.

Por Kátia Susanna

Comentários