Inaugurado o novo presídio feminino do Estado

0

Inauguração ocorreu na manhã desta quarta-feira, 29 (Fotos: Marco Vieira/ASN)
Foi inaugurado nesta quarta-feira, 29, pelo governador Marcélo Déda e pelo secretário de Justiça e Cidadania Benedito de Figueiredo, o Presídio Feminino (Prefem). A nova unidade prisional fica em Nossa Senhora do Socorro onde antes funcionava o antigo Hospital Psiquiátrico Garcia Moreno. O presídio significa, como disse o governador, uma revolução, no sistema prisional de Sergipe, oferecendo uma nova visão de ressocialização e recuperação de internos.

Distante dos moldes superados de presídios que não ofereciam dignidade e condições de reeducação social, o Prefem possui área de convivência, oficinas, salas de aulas, consultórios médico e odontológico montados, além de creche e berçário para as mães acompanharem os filhos até seis meses de idade. Consta ainda no presídio, capela e dois refeitórios sendo um para as internas e outro para funcionários.

Unidade vao oferecer 176 vagas para as detentas de Sergipe
A nova unidade prisional vai oferecer 176 vagas para as detentas de Sergipe, além da ampla área de convivência, que conta também com celas adaptadas atendendo à Resolução DEPEN/MJ nº 003/2005. As obras referentes ao Presídio Feminino, contaram com recursos no valor de R$ 2.431.363,14, sendo R$ 1.569.043,26 do Governo Federal e R$ 862.319,88 de contrapartida do Estado de Sergipe, equivalente esta a 35% do valor total das obras.

Para o secretário de Justiça Benedito de Figueiredo o Prefem é a concretização de um trabalho voltado para a ressocialização e reintegração de penalizados ao seio social. Ele evidenciou que além das dignidade oferecida pelas instalações do Prefem, o sistema prisional de Sergipe prima pela educação e profissionalização de seus internos. Ele agradeceu a dedicação e empenho de todo o corpo funcional da Sejuc e em especial a diretora de Planejamento da Secretaria de Justiça Tereza Carvalho.

Déda ressaltou segurança do sistema prisional sergipano
O secretário evidenciou que foi grande o empenho da servidora em facilitar a construção e inauguração do Prefem. O secretário deixou claro que Sergipe tem um povo decente e por isso elegeu um governador decente. Ele agradeceu ainda ao grande empenho da Cehop, Secretaria de Infraestrutura na pessoa do secretário Valmor Barbosa e todos que colaboraram para que o Pefem se tornasse uma realidade.

A diretora do Prefem Lilia Melo disse que esse é um grande momento, já que as internas passarão a cumprir sua pena em um local que lhes oferece dignidade e coragem para mudar. “Nós convivemos diariamente com as internas e percebemos que elas desejam mudar e melhorar. Em um local como este não há dúvidas de que a ressocialização é uma realidade em Sergipe”, disse Lilia.

Para o diretor do Departamento do Sistema Penitenciário de Sergipe (Desipe), Manuel Lúcio Neto, o Prefem é uma revolução e marca o comprometimento sério e digno do secretário Benedito de Figueiredo em promover a ressocialização, cidadania e reintegração dos internos de Sergipe à sociedade. 

Missão Cumprida e novas investidas

O governador Marcelo Déda elogiou o secretário e disse que este foi sem dúvida um grande período para a Secretaria de Justiça e Cidadania. Ele afirmou que vê no Prefem a realidade de um governo que trabalha em prol do social e de uma nova realidade. Para o governador o secretário apresentou em quatro anos soluções viáveis para problemas que há tempos consumiam o povo sergipano. Hoje, segundo Déda, Sergipe pode dormir tranquila em relação ao sistema prisional, já que comprovadamente o índice de fugas é praticamente nulo.

Durante a solenidade foi assinado o contrato pelo governador Marcelo Deda, secretário Benedito de Figueiredo e representante da empresa vencedora da licitação para ampliação e reforma do Presídio Regional Juiz Manoel Barbosa de Souza (Premabas) em Tobias Barreto.

Fonte: Sejuc

Comentários