Incêndio destrói restaurante no Centro de Aracaju

0

Incêndio ocorreu na noite desta sexta-feira, 14, e atingiu três depósitos de um restaurante em Aracaju (Fotos: Portal Infonet)

O sábado, 15, foi de muito trabalho para os funcionários

O dono do estabelecimento, Florisval Araujo

Um incêndio na noite desta sexta-feira, 14, em um restaurante situado à rua Santa Rosa, no Centro da capital sergipana, mobilizou quatro viaturas do Corpo de Bombeiros para atender a ocorrência. O fogo teve início às 21h em um depósito situado no fundo do estabelecimento e logo se espalhou pelo imóvel. Ao todo, três depósitos onde eram guardados materiais e um restaurante foram destruídos pelas chamas. O prejuízo foi de R$ 400 mil.

Para o dono do restaurante, o empresário Florisval Araujo, 50 anos, a suspeita é de que as chamas tenham iniciado em decorrência de um curto circuito na instalação elétrica do prédio. “Acredito que o fogo tenha começado em um dos depósitos. Trabalho aqui há 25 anos e infelizmente essa foi a primeira vez que aconteceu um incêndio aqui. Espero que essa tenha sido a última”, disse o empresário.

Ainda de acordo com o empresário, o prejuízo calculado no incêndio é de R$ 400 mil reais. Para ele, o estrago só não foi maior, porque no momento do incêndio, vigias se encontravam no prédio e logo acionaram equipes do Corpo de Bombeiros que rapidamente chegaram ao local e controlaram as chamas.

A manhã deste sábado, 15, foi de muito trabalho para funcionários do ponto comercial que tentavam recuperar o que não foi perdido no incêndio. Um mutirão limpeza também foi promovido no local.

Ainda bastante abalado, o empresário falou em recomeço. “Agora é recomeçar e tomar as providências cabíveis. O importante é que não morreu ninguém. Se tem uma coisa que eu tenho na vida é coragem para lutar na vida e conquistar novamente tudo o que foi perdido”, relata.

Glória

Na cidade de Nossa Senhora da Glória, o Corpo de Bombeiros foi acionado para combater um incêndio de grandes proporções em uma loja de rações, deixando o estabelecimento destruído. Ninguém ficou ferido e ainda não se sabe as causas.

 Por Leonardo Dias e Aldaci de Souza

 

Comentários