Incêndio no Garcia: laudo não foi solicitado

0

Major Maria diz que laudo percial deve ser solicitado por proprietário do apartamento (Foto: Portal Infonet)

Até o momento o proprietário do apartamento que pegou fogo na última quinta-feira, 13, não solicitou o laudo pericial para identificar as reais causas do incêndio. O acidente foi atendido por duas equipes do Corpo de Bombeiros que foram acionadas para conter o incêndio que teve início no 6º andar do Condomínio Varandas do Garcia, situado na Avenida Jorge Amado, no bairro Garcia. 

De acordo com a assessora de imprensa do Corpo de Bombeiros, Major Maria Souza, a pericia só é feita de acordo com a solicitação do proprietário do imóvel, porém em alguns casos o CB faz a pericia de forma independente para criação de novas técnicas de combate à incêndio. “Geralmente quando o laudo é solicitado, é entregue em 30 dias, mas nesse caso o proprietário ainda não solicitou, mas começamos a recolher o material in loco e vamos dar andamento a essa pericia como sistema de avaliação para estudo e criar técnicas de combate à incêndio e normatização de preventivos”, explicou.

Ainda de acordo com Major Maria, ainda não se sabe qual a real motivação do incêndio, mas geralmente as causas podem estar ligadas à sobrecarga elétrica, panelas e velas esquecidas acesas. Para o Corpo de Bombeiros o incêndio no apartamento do Garcia não foi considerado de grandes proporções. “O sinistro não foi considerado de grandes pois não existiu vítimas,  três cômodos do apartamento ficaram danificados, porém sem estragar a estrutura do edifício, fatores predominantes para não ser considerado de grandes proporções”, finalizou.

Por Adriana Meneses 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais