Inflação sobe na primeira semana de janeiro

0

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) ficou em 0,69% na primeira semana de janeiro, resultando em um crescimento de 0,23 ponto percentual em relação à última semana de 2005 (0,46%). Os dados foram divulgados hoje pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Alimentação, que passou de 0,75 para 1,42%; Educação, Leitura e Recreação, de 0,78% para 1,19%; Saúde e Cuidados Pessoas, de 0,27% para 0,53%; e Transportes de 0,60% para 0,70%, foram os grupos de despesas que elevaram a inflação para cima nos primeiros dias de 2006.

Os alimentos que mais influenciaram para a aceleração da taxa foram: frutas (1,55% para 4,40%), hortaliças e legumes (5,47% para 7,18%), adoçantes (2,14% para 3,75%) e arroz e feijão (2,32% para 3,83%). E os que sofreram redução foram Habitação (0,21% para 0,15%), Vestuário (0,76% para 0,35%) e Despesas Diversas (-0,26% para –0,09%).

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal tem preços colhidos nas 12 principais capitais brasileiras. O IPC-S é composto por 450 produtos e serviços, reunidos em sete classes que refletem as despesas das famílias com renda mensal de um a 33 salários mínimos.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais