Inocente morre durante briga de ciganos

0

Familiares e amigos de José Adelmo não se conformam com o crime (Fotos: Potal Infonet)
Dor e revolta em frente ao Instituto Médico Legal (IML) na manhã desta segunda-feira, 5. Os familiares e amigos de José Adelmo Castor Ferreira, 26, estão inconformados e contam que o jovem trabalhava como servente de pedreiro e não tinha nenhuma relação com o crime, que vitimou outros dois ciganos.

André Soares Castor, 30, que é tio de Adelmo e estava junto da vítima na hora do crime, levou um tiro no joelho, mas foi atendido no Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE) e liberado. Segundo Valmir Rodrigues Castor que é tio de Adelmo e irmão de André, ambos não conheciam os ciganos.

“Meu sobrinho e meu irmão estavam nessa lanchonete quando chegaram atirando. Ele morreu de graça nessa história, pois não tinha nada a ver com os ciganos”, afirma.

Outras duas vítimas que não tinham relação com o crime é Valdeci Bispo dos Santos, 43, que também estava no local e levou um tiro na altura da coxa e Vanderson Lima Anchieta, 19 anos. Os dois foram atendidos no HUSE e liberados em seguida. Além deles, o proprietário da lanchonete, Marcos Antônio dos Santos, foi atingido com um tiro no pescoço, mas não corre risco de vida. Ele passou por atendimento no Huse e está no pronto socorro.

Ainda de acordo com informações do Huse, um homem identificado como Diego dos Santos, 19 anos, teria envolvimento com os ciganos e também foi atingido. Ele continua internado e foi submetido a procedimento cirúrgico.

O Crime

A confusão entre os ciganos teria acontecido por volta das 2h desta segunda-feira, 5, em um bar próximo de uma lanchonete. Segundo informações os dois ciganos mortos são os primos Ivan Ramos Junior, 23, e Edvan Santos Ramos, 19 anos. Eles teriam discutido com outros ciganos no bar quando começaram os disparos que atingiram os clientes da lanchonete.

Por Bruno Antunes

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais