INSS lança a campanha de combate a intermediários

0

INSS em parceria com o MPF lança campanha contra atravessadores.
Dar assistência à população sobre seus direitos previdenciários e combater a atuação de intermediários. Estes são os objetivos da campanha “Combate ao atravessador”, lançada na manhã desta quinta-feira, 17, pelo Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) em parceria com o Ministério Público Federal (MPF).

De acordo com o procurador Regional dos Direitos do Cidadão do MPF, Pablo Barreto, a campanha culminou após a realização de um inquérito civil para avaliação de desempenho dos serviços prestados pelo INSS. “Identificamos a existência de pessoas que intermediam os segurados do INSS, trazendo prejuízos à população”, explica.

O lançamento foi na manha desta quinta-feira,17. (Fotos: Portal Infonet)
Com uma proposta educativa, a empreitada tende a oferecer uma assistência mais rápida e eficiente para os usuários dos serviços do INSS, além de estreitar a relação da instituição com a sociedade. “Com essa campanha estamos possibilitando um meio para que toda a população conheça os serviços do INSS”, explica o Gerente executivo do INSS em Sergipe, Augusto Fábio Oliveira.

O gerente esclarece que o INSS vem investindo em recursos tecnológicos para dar mais qualidade no atendimento à população, além de adotar a política de contratação de servidores concursados.

Combate aos intermediários

Segundo o Procurador Pablo Barreto, a campanha culminou após a realização de um inquérito civil.
Um dos problemas constantes no processo de previdência social está na atuação de indivíduos que se apresentam como representantes dos usuários dos serviços do INSS e acabam transmitindo informações equivocadas, trazendo prejuízos a todos. Muitos desses intermediários ou atravessadores são da própria família do segurado.

Pablo explica que essas pessoas não estão submetidas a nenhum código de ética, facilitando a prática. “Muitas desses indivíduos agem sem estar cometendo crime. Alguns podem atuar por meio do tráfico de influências, mas somente em casos como esses, os autores podem ser responsabilizados criminalmente”, afirma.

O gerente executivo explica que o grande objetivo da

Gerente executivo do INSS em Sergipe, Augusto Fábio Oliveira.
campanha não está em identificar os possíveis intermediários, mas combater as pessoas que agem dessa forma.  Para isso a campanha vem promovendo um grande processo de divulgação dos serviços de assistência e atendimento à população.

Atendimento

A central 135 foi um dos pontos principais tocados no lançamento da campanha. De acordo com José Cristian Góes, assessor de comunicação da regional nordeste do INSS, esse é o meio eficaz onde a população poderá obter acesso completo a todos os serviços prestados pelo órgão, além de ficar conhecendo todos os seus direitos, sem precisar de facilitadores.

José Cristian Goes, assessor de comunicação da regional nordeste do INSS
“Só em 2009, recebemos mais 65 milhões de ligações utilizando essa central”, afirma. Essa base de informações também serve para que a sociedade possa denunciar os intermediários. A ligação é gratuita para qualquer telefone fixo, inclusive orelhões, e com o custo de uma ligação local para celulares.

Parceria

Segundo Augusto Fábio, a parceria do INSS com o MPF foi imprescindível para a realização da campanha. “Além de parceiros, o MPF vem se constituindo um importante articulador dos objetivos da campanha e todo seu processo” aponta.

Por Victor Hugo e Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais