INTERNACIONAL

0

INTERNACIONAL

Ataque terrorista aos Estados Unidos
Tarde – O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, declarou que o ataque sofrerá retaliação. O presidente da Autoridade Nacional Palestina – OLP -, Yasser Arafat, apresentou condolências ao presidente Bush e ao povo norte-americano, mostrando-se chocado e contrário ao atentado. O ataque fez com que o World Trade Center desabasse matando e ferindo um número ainda não divulgado de pessoas.
World Trade Center – Um complexo de sete prédios comerciais, criado por Minoru Yamasaki, tinha as duas torres gêmeas como as mais famosas. O complexo já havia sido alvo de um atentado terrorista em 1993, por um carro-bomba que destruiu três andares do prédio.
Aviões – Ao todo, oito aviões foram sequestrados nessa terça-feira nos Estados Unidos. Além dos dois que colidiram com o World Trade Center, um outro se chocou com o setor de inteligência do Pentágono Norte-Americano. Oficialmente, os outros cinco aviões permanecem sem destino. Ainda não foi estimado o número total de mortos e feridos.
FHC e Lafer – O presidente do Brasil, Fernando Henrique Cardoso e o Ministro das Relações Exteriores, Celso Lafer, mostraram solidariedade e apoio brasileiro aos EUA, e condenaram o terrorismo. O ministro declarou, em entrevista à TV Globo, que esse fato também demonstrou a necessidade de que haja uma grande mudança no funcionamento das relações internacionais.
Economia – Resumindo: abalada. As principais bolsas de valores de todo o mundo suspenderam as negociações; a cotação do dólar está oscilante; além de outros setores também abalados.
Contatos – Pessoas que desejam se comunicar com parentes nos Estados Unidos, a Embratel disponibilizou, devido ao congestionamento das linhas, o telefone 0800 703 21 11.
GERAL – Todos os vôos que se dirigiam à Nova York foram transferidos para o Canadá. Todo o sistema de transporte parou. Os Estados Unidos disponibilizaram 30 caças, com ordem para abaterem qualquer avião que fuja à ordem de tráfego na área.

Manhã – Estados Unidos em chamas… Dois aviões bateram na parte superior do maior prédio de Nova York, na manhã dessa terça-feira. As informações ainda estão desencontradas, mas a suspeita é de ataque terrorista. Uma explosão colocou abaixo as torres gêmeas da Torre de World Trade Center. O FBI, polícia federal dos Estados Unidos, diz que um dos aviões era um Boeing 767 da companhia American Airlines, que havia sido seqüestrado em Boston, no estado de Massachusetts, com passageiros a bordo. Os prédios, de 110 andares, concentram centenas de escritórios. Não há informações precisas sobre mortos ou feridos. Há especulações de início da 3ª Guerra Mundial.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais