Internos do CENAM recebem títulos

0

Na manhã desta sexta-feira, 21, uma equipe da 27ª Zona Eleitoral completou mais uma etapa do processo de alistamento dos internados no Centro de Atendimento ao Menor (CENAM). Os servidores da Justiça Eleitoral coletaram a assinatura dos jovens e entregaram-lhes os títulos eleitorais. Na unidade de internação, será instalada uma seção eleitoral especial para possibilitar o direito ao voto.

 

O chefe da 27ª Zona Eleitoral, Marcelo Gerárd, ressaltou a importância do trabalho conjunto entre a Justiça Eleitoral e o Estado de Sergipe em prol da cidadania. “Os rapazes nesta condição precisam ser valorizados. Com esta iniciativa, o Poder público está demonstrando que confia na recuperação dos internados e assegura o ato da cidadania, que é uma determinação constitucional”, disse.

 

No período eleitoral, a administração do Centro de Atendimento ao Menor irá designar alguns funcionários da instituição que atuarão como mesários. Para isso, será montado um esquema de segurança específico. Os procedimentos adotados na data do pleito serão os mesmos que nas seções convencionais, a exemplo das exigências para votar, horário, etc. “A condição de internado não justifica impedir o acesso à cidadania”, ressaltou a servidora Nadia Maria, que também integrava a equipe, juntamente com a colega Magna Sueli.

 

Em Sergipe, existem quatro estabelecimentos penais e três unidades socioeducativas. Contudo, em apenas dois presídios e em dois centros de internação para menores serão instaladas as seções eleitorias especiais. São eles: Presídio Feminino – PREFEM (2ªZE/Aracaju/SE), Cadeia Pública Territorial de Nossa Senhora do Socorro – CADEIÃO (34ªZE/Nossa Senhora do Socorro/SE), Unidade Socioeducativa de Internação Provisória – USIP (27ª ZE/Aracaju/SE) e Centro de Atendimento ao Menor – CENAM (27ªZE/Aracaju/SE).

 

Nas demais unidades, conforme informou a Secretaria de Segurança Pública (SSP), não havia condições de segurança ou a quantidade mínima de eleitores (20) para a instalação da seção especial.

Fonte: Ascom TJ

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais