Investigado por ‘golpe do pix’ contra empresas de Propriá é preso

Dentre os bens apreendidos, estão bebidas alcoólicas de alto valor (Foto: SSP)

A Delegacia Regional de Propriá deflagrou uma operação que resultou na prisão de um homem investigado por fazer parte de uma associação criminosa que aplicava golpes do Pix em empresas da cidade. A ação policial ocorreu no último sábado, 12, em Propriá, e foi divulgada nesta segunda-feira, 14. Na operação, itens como bebidas de alto valor e de renomadas marcas foram apreendidas e devolvidas.

De acordo com as informações policiais, as investigações foram iniciadas com a comunicação dos fatos à Polícia Civil. As empresas que foram vítimas do golpe forneceram diversos comprovantes fraudulentos de transações feitas pelo Pix.

Ainda conforme as informações policiais, outros dois integrantes da associação criminosa foram identificados, serão indiciados e responderão ao processo penal. As investigações continuam em andamento.

A operação policial foi coordenada pelo delegado Marcos Carvalho, em ações de Força Tarefa da Coordenadoria de Polícia Civil, em conjunto com o delegado plantonista Geovan Ciríaco e os agentes de polícia.

A Polícia Civil solicita que informações e denúncias que possam levar à localização dos demais envolvidos no crime sejam repassadas à polícia por meio do Disque-Denúncia, no telefone 181. O sigilo do denunciante é garantido.

Fonte: SSP

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais