Irmãos alvejados em Itabaiana são identificados

0

Crime foi realizado no povoado Mutirão, em Itabaiana (Foto: arquivo/Portal Infonet)

O crime que vitimou Lucivaldo de Jesus, 25 anos, às 14h do último domingo, 29 de dezembro de 2013, no povoado Mutirão, em Itabaiana, está sendo investigado por policiais da Delegacia Regional do município. O delegado responsável pelo caso, Cléber Farias, destaca que os irmãos da vítima são os jovens identificados como Leandro de Jesus e outro conhecido popularmente como “testinha”.

Segundo o delegado, um homem que atende pelo nome de “vampirinho” deferiu tiros contra os irmãos Leandro e Lucivaldo durante uma discussão desencadeada em via pública, em Itabaiana. Leandro foi atingido numa das mãos e contou com a interferência do terceiro irmão, o “testinha”, na tentativa de defendê-los da ação criminosa.

“Para interromper os disparos contra os irmãos, “testinha” logo chegou ao local e iniciou uma luta corporal com o “vampirinho”, não sendo alvejado por nenhum tiro, já que a arma utilizada pelo agressor já havia sido descarregada. Seis disparos foram lançados contra Leandro e Lucivaldo”, explicou Cléber.

Segundo o delegado, depoimentos apontam para o fato de que, ao comprovar a ausência de balas na arma, o “vampirinho” teria deixado o local do crime numa motocicleta, acompanhado por um amigo que presenciou toda a ação. “Populares logo chamaram a polícia, que chegou ao local depois de 15 minutos. Lá, encontraram os três irmãos, tendo o Leandro sido encaminhado para uma unidade de saúde”, acrescentou.

O inquérito policial foi iniciado nesta quinta-feira, 2, no qual serão ouvidos na Delegacia Regional de Itabaiana, os irmãos Leandro e “testinha”. Cléber Farias ainda destaca que “vampirinho” é foragido do Centro de Atendimento ao Menor (Cenam) e agora também permanece foragido em virtude do último caso que o aponta como agressor dos três irmãos. Tanto o motivo pelo qual o crime foi executado quanto o destino do agressor, bem como do seu acompanhante, deverão ser averiguados pela polícia local.

Por Nubia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais