Itabaiana: irmãos mortos tinham passagem pela polícia

0

O delegado Paulo Cristiano disse que os irmãos reagiram a prisão / Foto:Portal Infonet

Na manhã desta quarta-feira, 13, o delegado de Itabaiana Paulo Cristiano que participou da perseguição aos irmãos identificados como Ginaldo de Jesus Simões, de 20 anos, conhecido como Ebe, e Eguinaldo de Jesus Simões, de 19 anos, conhecido como Suru, esclareceu detalhes da ação que terminou na morte de ambos.

O fato aconteceu na última terça-feira, 12, no município de Itabaiana, distante 56 Km da capital sergipana.

De acordo com o delegado a perseguição foi iniciada porque os irmãos assaltaram um comerciante local que acionou a polícia. “Até mesmo a mãe deles admitiu que esperava que os filhos tivesse esse fim trágico, porque eles viviam aterrorizando as pessoas na cidade”, disse o delegado. 

Com os irmãos foram apreendidos duas armas

“Eles assaltaram o dono de um supermercado e depois saíram pela cidade. Eles ficaram escondidos em uma plantação de cana de açúcar e feijão e só conseguimos localizar com o reforço do grupamento tático aéreo”, explica o delegado Paulo Cristiano, ressaltando que familiares sabiam dos crimes que eles estavam comentando.

O delegado responsável pela delegacia regional de Itabaiana, Marcelo Hercos, disse que os irmãos já tinham passagem pela polícia. “O Ebe já tinha passagem pelo presídio por assalto e o conhecido como Suru teve passagens pela delegacia. Os irmãos praticaram assaltos, estupro e tentativa de

Marcelo Hercos afirmou que os irmãos tinham passagem pela polícia
homicídio”, afirma Marcelo Hercos, enfatizando que também eram acusados de tráfico de drogas.

“Eles traficavam maconha e crack em toda região de Itabaiana”, diz o delegado. Com os irmãos foram apreendidos duas armas, uma calibre 32 e outra 38 com munições.

Durante a troca de tiros,  um policial civil levou um tiro de raspão. A informação é que os irmãos chegaram a ser socorridos, mas faleceram no Hospital de Itabaiana ainda na noite da última terça-feira, 12.

Por Kátia Susanna

Comentários