ITPS implanta novo tipo de análise para auxiliar produção agrícola

0
Instituto, que é pioneiro na ciência e tecnologia em Sergipe, implantou análise para verificação de teor de Boro no solo (Foto: Tamires Novas / ITPS)

Considerado um dos principais setores da economia brasileira, o agronegócio tem obtido excelentes resultados a partir de novas técnicas baseadas em ciência e tecnologia. Em Sergipe, o Instituto Tecnológico e de Pesquisas do Estado de Sergipe (ITPS), que é referência em análises de solo e água, passou a ofertar mais uma ferramenta de apoio aos produtores rurais e empresas agrícolas. Trata-se da análise de teor de Boro no solo, micronutriente essencial para o crescimento das plantas, desenvolvimento de frutas e sementes e produtividade da lavoura.

O técnico do Laboratório de Solos e Química Agrícola do ITPS, Guilherme Souza, explica que a análise é recomendada para auxiliar na ampliação da produtividade de todos os tipos de culturas (Foto: Tamires Novas / ITPS)

De acordo com o técnico do Laboratório de Solos e Química Agrícola do ITPS, Guilherme Souza, a análise é recomendada para auxiliar na ampliação da produtividade de todos os tipos de culturas, sobretudo de frutas cítricas, como a laranja.

“O Boro é um elemento químico muito importante para o desenvolvimento da planta e a baixa concentração produz alguns efeitos como brotação desuniforme, manchas escuras, má formação dos frutos e irregularidade na maturação. Corrigir a deficiência de Boro no solo vai fazer com que a planta tenha frutos vistosos, bem maturados, além de mais doces e saborosos, trazendo ganhos significativos para a produtividade”.

O técnico explica também que a análise do teor de Boro deve ser associada à realização da análise de fertilidade do solo. “É preciso identificar o perfil de saúde do solo, analisando a presença de todos os elementos químicos essenciais à sobrevivência da planta. A ausência de um único elemento, seja ele macronutriente ou micronutriente, a exemplo de Potássio e Zinco, já é suficiente para que a planta não alcance uma ótima produtividade”, detalha.

Ainda de acordo com Guilherme Souza, é preciso atenção com o valor do pH do solo, que interfere diretamente na absorção do Boro por parte da planta. “Ao fazer a determinação do Boro no solo e corrigi-lo, é preciso observar o nível de pH, que é o fator que mais influencia na absorção do Boro. Quanto menor o pH, mais ácido o solo e maior a absorção desse micronutriente. Nos casos em que o pH é mais básico, menor a absorção”, explica.

Apoio ao setor agrícola

A oferta desse tipo de análise, conforme o diretor-presidente Kaká Andrade, atende a uma demanda do setor agrícola em Sergipe. “Por ser um dos grandes produtores de laranja do país, o setor em Sergipe demandava ao ITPS, a realização da análise do Boro, que traz informações específicas para o aumento, utilizando poucos recursos, da produtividade na citricultura. O ITPS, então, realizou pesquisas e identificou a metodologia mais adequada, optando por utilizar um dos métodos da Embrapa, que é referência no Brasil em análises de solo”.

Serviço

As pessoas ou empresas interessadas em realizar a análise de solo no ITPS, devem entregar as amostras no Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) ou enviá-las via Correios à sede do Instituto, no seguinte endereço: Rua Campo do Brito, nº 371 – Bairro São José, CEP: 49020-380 – Aracaju/SE.

Há instruções para coleta de solo no site do ITPS, mas em caso de dúvidas, é possível obter esclarecimento junto ao SAC, por meio do telefone (79) 3179 8055, ou com o Laboratório de Solos, por meio do telefone (79) 3179 8080.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais