Jacaré é resgatado por policiais em área urbana da Atalaia Nova

0
Jacaré foi resgatado no último sábado e solto em seguida no rio Poxim (Foto: Recorte/Vídeo divulgado pelo Aracaju Agora Notícias)

Um jacaré com cerca de 1,5 metro foi resgatado por policiais do Gati, em área urbana da Atalaia Nova, no município da Barra dos Coqueiros. Ele foi visto por populares no último sábado, 25, que acionaram os militares que atuam na região. Parte do resgate foi registrado em vídeo divulgado pelas redes sociais. O animal foi entregue ao Pelotão Ambiental da Polícia Militar, que informou para nossa reportagem que o réptil foi solto nas margens do rio Poxim, entre São Cristóvão e Aracaju.

Esse é o segundo jacaré que vira notícia só neste fim de semana. Em Amparo do São Francisco, populares têm avistado um jacaré em um lago que fica entre duas comunidades com bastante moradores no município. Nossa reportagem tentou contato com a Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema), órgão responsável pelo resgate de animais silvestres em áreas urbanas, mas não tivemos nossas ligações atendidas.

Policiais do Pelotão Ambiental resgataram cobra no Parque dos Cajueiros

Desde que iniciado o período de isolamento social, em função da pandemia da Covid-19, tem se tornado mais comum a presença de animais silvestres nas áreas urbanas. Na semana passada, uma jibóia foi vista na passarela do Parque dos Cajueiros, por onde passam transeuntes e ciclistas. O animal também foi resgatado pelo Pelotão Ambiental, que tem sede no próprio Parque. O Pelotão frisou, no entanto, que não é mais responsável pelo resgate de animais. Esse serviço, atualmente, é realizado pelo Ibama e Adema. Segundo o Governo, o órgão estadual registrou 21 resgates de animais silvestre entre o período de 17 de março e 24 de abril – majoritariamente répteis.

A explicação por trás da aparição de animais silvestres, principalmente os répteis, inclui as chuvas. Os animais têm os ninhos destruídos e precisam procurar habitats substitutivos em períodos mais frios, além da própria necessidade de alimentação. Com as ruas mais isoladas, os animais se sentem mais à vontade para explorar novos espaços.

Ao avistar qualquer animal silvestre, os órgãos recomendam evitar o contato e acionar a Adema pelo telefone ‪(79) 99191-553.

Por Ícaro Novaes

Comentários