Jailton Pereira completa 20 dias internado

0

A assessoria de comunicação do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) informou na tarde desta segunda-feira, 6, que o paciente Jailton Batista Pereira, 41 anos, cabo da Polícia Militar que dirigia o carro do desembargador Luiz Mendonça, quando ele sofreu um atentado, completa 20 dias de internação na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e continua em estado grave, mas com constantes melhoras em seu quadro clínico. Não há previsão de alta. 

O paciente já não está mais com febre, está há quase uma semana sem sedação e respira com ajuda de aparelhos apenas para precaver uma possível parada cardiorrespiratória. Jailton é monitorado em período integral por um médico intensivista, enfermeiros, nutricionista, psicólogo e fisioterapeuta, além do acompanhamento diário de neurologista e pneumologista.

O paciente responde a alguns estímulos, movimentando, esporadicamente, os olhos, os dedos das mãos e a cabeça, por exemplo. Segundo o neurocirurgião Rilton Morais, o motorista do desembargador Luís Mendonça não deve ter o desenvolvimento mental afetado, já que a região do cérebro atingida está ligada à capacidade motora.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais