João Alves Filho define secretários do seu Governo

0

O governador eleito, João Alves Filho, já está com quase todo o seu Secretariado definido. Só a Secretaria de Combate à Pobreza ainda não tem um nome. Esta pasta foi delegada à primeira-dama e senadora Maria do Carmo. O anúncio dos nomes que faltavam foi feito na manhã de ontem, no auditório do Clube de Diretores Lojistas – CDL -. Além dos oito divulgados na última segunda-feira, foram anunciados mais treze secretários. Dentre as novidades, o agrônomo Etélio Prado, para a Secretaria de Estado da Agricultura; o industriário Tácito Faro, para a Secretaria de Estado da Indústria e Comércio; Flávio Conceição, para Chefia da Casa Civil; Luís Durval, para Secretaria de Estado da Infra-estrutura; Pedrinho Valadares, para Secretaria de Estado da Cultura e do Turismo; o advogado Emanuel Cacho, para a Secretaria de Estado da Justiça; Eduardo Amorim, indicado como secretário de Estado da Saúde; Marcos Prado Dias, que assumirá a Secretaria de Estado da Educação; José Everaldo, para a Secretaria de Estado da Articulação dos Municípios; o advogado Antônio João, para procurador Geral do Estado; Dilson Barreto, na Controladoria Geral do Estado; para Chefia da Casa Militar foi indicado o coronel Cavalcante e Dijenal Gonçalves foi designado para representante do Governo de Sergipe junto às bancadas federais e o Governo Federal. O governador eleito adiantou que o atual vice-governador Benedito de Figueiredo, deverá assumir a Presidência da Emsergás. Na última segunda-feira, dia 23, foram anunciados o jornalista Carlos Batalha para secretário de Estado da Comunicação Social; Sílvio Monteiro, para secretário de Estado da Juventude e dos Esportes; Nicodemos Falcão, para a Secretaria de Estado de Governo; o economista Max Andrade, para Secretaria de Estado da Fazenda; Antônio Carlos Borges, na Secretaria de Estado do Planejamento; Ivan Paixão, na Secretaria de Estado da Administração; o promotor Luís Mendonça, como secretário de Estado da Segurança Pública; João Salgado, na Secretaria de Estado do Meio Ambiente. Até o próximo dia 2, será divulgado o segundo escalão do Governo.

Comentários