Jornalista nega que tentou ironizar senador sergipano

0

O polêmico jornalista Diogo Mainardi, colunista da revista Veja, concedeu entrevista na manhã de hoje ao programa “Fala Sergipe”, da Rádio Atalaia AM. Ele negou que tenha ironizado o senador Almeida Lima (PSDB), e suas propostas, na coluna publicada na última edição de Veja.

 

O texto fala sobre as propostas de emendas constitucionais do senador, que sugerem a diminuição considerável no número senadores, deputados federais e estaduais, vereadores, além do fim dos cargos de vice-presidente, vice-governador e vice-prefeito. “Acho que o projeto dele é ótimo. A idéia de tirar ladrões de circulação sempre é boa. A ironia é outra: é que elas jamais serão aprovadas. Eles não vão, nunca, concordar com a própria contenção”, afirmou.

 

Segundo o raciocínio de Mainardi, “se existissem menos políticos, existiriam menos ladrões”. O jornalista diz lamentar que a sugestão do senador sergipano não seja discutida seriamente. “É o tipo de medida profilática que jamais será aprovada”, lamenta.

 

O colunista também voltou a criticar o que classificou de “discurso patriótico” usado pelo ex-presidente da Petrobras, José Eduardo Dutra, quando no comando da empresa. Ele também disse ser favorável ao impeachement do presidente Lula. “Ele é a última fronteira. Seríamos obrigados a fazer uma reforma administrativa do Estado. Não seria o ideal, mas iríamos adiante”, garante.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais