Jovem é assassinada pelo ex-marido

0

Jovem tinha um filho de sete meses(Foto: Portal Infonet)
Mais um crime passional é registrado em Sergipe, dessa vez na cidade de Porto da Folha, onde uma jovem de 16 anos foi assassinada a facadas. De acordo com informações do sargento Monteiro, lotado na Delegacia do município de Porto da Folha, o crime aconteceu por volta das 18h30 de domingo, 9, dentro da residência da jovem, identificada como Mikaela da Silva Euzébio.

Pedro Gomes da Silva, irmão de Mikaela, conversou com a equipe do Portal Infonet e relatou que o casal estava separado à cerca de 5 dias. ” Ele batia muito nela, então na terça-feira,4, depois que ela foi ameaçada com uma faca, eles se separaram e ela foi para a casa de minha mãe.”, relata.

De acordo com Pedro, Mikaela tinha um filho de sete meses de idade. ” Eles tinham um filho e eram casados há dois anos. Domingo, ele inconformado deu três facadas nela na frente de minha mãe. A sorte é que a criança não estava na hora” comenta Pedro.

Ainda segundo informações, a jovem foi encaminhada ao Hospital da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo. Ainda de acordo com informações o principal suspeito de ter cometido o crime é o ex-marido da vítima, identificado como Odailson Vieira da Silva, 27 anos.

Polícia

Após um trabalho ostensivo dos Sargentos, Monteiro e Roberto, comandados pelo capitão Joaldo, em menos de 12 horas o acusado foi capturado em uma fazenda, próximo da saída da cidade. “Nossa equipe não dormiu e iniciou as buscas assim que recebemos as informações do homicídio. Conseguimos encontrá-lo escondido em uma fazenda já próximo a saída da cidade”, explica monteiro.

Ainda de acordo com o Policial Militar, ainda na manhã desta segunda-feira, 10, Odailson Vieira será ouvido. “Será lavrado o flagrante e em seguida ele ficará a disposição da justiça”, explica. O corpo de Mikaela foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) ainda na noite de domingo, onde funcionários aguardam a chegada de familiares para realizar a liberação para o sepultamento.

Por Alcione Martins

OBS: Matéria foi alterada às 10h20 para acréscimo de informação

Comentários