Polícia Civil investigará morte de criança de 11 anos em Canindé

0
(Foto: SSP/SE)

A morte de um menino de 11 anos na tarde da última terça-feira, 24, em Canindé de São Francisco, causou repercussão no munícipio e motivou um protesto por parte dos moradores. A criança foi identificada como Vitor da Silva Santos, 11 anos, e segundo o boletim do Instituto Médico Legal (IML), a morte foi causada por ferimento provocado por arma de fogo. A Polícia Civil vai investigar o caso.

Segundo nota divulgada pela Polícia Militar de Sergipe, a criança foi encontrada com ferimento de arma de fogo no bairro Olaria, no município de Canindé do São Francisco, após troca de tiros entre suspeitos e uma equipe da Polícia Militar no final da tarde do último domingo, 23 .

Ainda de acordo com a PM, a equipe estava realizando um patrulhamento na região por volta das 17h30 quando ouviram sons semelhantes a disparos de arma de fogo e, ao se aproximarem, foram recebidos com disparos. Diante da situação, a equipe da PM revidou os disparos e os suspeitos fugiram correndo e atirando. “Ao realizar a busca, foi encontrado pela equipe um cidadão aparentemente adolescente no mato com ferimento de arma de fogo”, informa a nota.

A criança, conforme a PM, foi encaminhada ao Hospital de Canindé ainda com vida. “Este, em situação estável atestado pela equipe médica, afirmou que estava junto com dois amigos quando fugiu, de alcunha Bebê e Magrão, pois segundo ele, estavam à procura de outros indivíduos que haviam ameaçado eles pela disputa do comando de tráfico de drogas”, diz a a nota.

A PM também informou que durante a varredura foi encontrado um revólver calibre 38 com quatro munições deflagradas e que a ocorrência foi registrada na Delegacia de Canindé, a qual irá apurar todos os fatos e circunstâncias da referida ocorrência.

Já a Polícia Civil afirmou que foi feito o relatório do local do crime por agentes da instituição e neste documento a mãe da vítima relatou que o filho era usuário e traficante de drogas. Um inquérito policial foi instaurado para apurar a ocorrência.

Por Isabela Vieira e Verlane Estácio com informações da PM e PC

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais