Jovem que tentou separar briga entre amigo e PM morre no Huse

0
O inquérito do caso já foi aberto pela Polícia Civil e deve ser concluído em 30 dias. O suspeito de ter efetuado o disparo é um Policial Militar (Foto: arquivo pessoal)

O jovem de 28 anos, Chelton Luiz Santos, não resistiu aos ferimentos e morreu no final da tarde desta quarta-feira, 25, no Hospital de Urgência de Sergipe Governador João Alves Filho (Huse). A informação foi conformada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP).

O rapaz foi internado na unidade no dia 15 de novembro, após ter sido alvejado por um tiro no pescoço enquanto tentava separar uma briga entre um amigo e um PM. O suspeito de ter efetuado o disparo é um Policial Militar. Ainda de acordo com a SSP, “o suspeito será indiciado por homicídio com dolo eventual, já que tinha a intenção de alvejar um outro rapaz, com o qual ele tinha discutido”, informou o órgão em nota.

A SSP destaca ainda que “há também o indiciamento por tentativa de homicídio, já que o suspeito atingiu de raspão, a orelha da vítima com a qual ele havia discutido”. O inquérito do caso já foi aberto pela Polícia Civil e deve ser concluído em 30 dias.

Em nota, o Comando da Polícia Militar do Estado de Sergipe informou que no dia 17 de novembro a Corporação foi certificada de que o suspeito dos disparos seria um policial militar. “O PM compareceu, de forma espontânea,  ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) a fim de prestar os esclarecimentos devidos sobre o ocorrido”, disse em nota.

A PM-SE diz ainda que “a Instituição Policial Militar Sergipana enfatiza que a Polícia Civil fará as investigações necessárias para elucidar as circunstâncias em que o episódio ocorreu”, finaliza a nota.

O Portal Infonet não conseguiu localizar a defesa do policial, mas permanece à disposição através do e-mail: jornalismo@infonet.com.br ou pelo telefone da redação (79) 9 9985-3076.

por João Paulo Schneider 

 

Comentários