Julgamento de funcionários do TJ é adiado

0
O julgamento foi adiado (Fotos: Portal Infonet)

Na manhã desta quarta-feira, 13, servidores do Tribunal de Justiça vestiram a camisa do sindicato e foram acompanhar o julgamento de dois funcionários do órgão acusados de acesso e utilização de senhas de computadores de forma indevida.

De acordo com o Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado de Sergipe (Sindiserj) a acusação envolveu 36 pessoas, incluindo servidores integrantes do cargo de desembargadores e juízes, mas somente os funcionários Plínio Pugliesi e Larissa Mendes, ambos ligados ao sindicato estão sendo julgados. Segundo o presidente do sindicato, Plínio Pugliesi, a investigação feita pelo TJ e pela Secretaria de Tecnologia e Informática (Setec) não tem como comprovar a utilização da senha.

No dossiê apresentado pelo Sindiserj aparece um trecho em que diz que ‘Todos os acessos com senhas de terceiros relatadas no relatório são irregulares’. “A categoria já decidiu e rotula o processo como fruto de perseguição”, destaca. 

Funcionários estão sendo julgados poe utilização indevida de senhas

O desembargador Ricardo Múcio pediu vistas e garantiu que o julgamento deverá ocorrer nas próximas semanas.

Por Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais