Jurista do CNJ se coloca à disposição da OAB/SE

0

A Ordem dos Advogados do Brasil seccional Sergipe (OAB/SE) divulgou essa semana que o advogado e jurista Paulo Luiz Neto Lôbo pretende acionar o Conselho Nacional de Justiça caso as prerrogativas dos advogados continuem sendo desrespeitadas no Estado de Sergipe. Lobo é representante da OAB Nacional no Conselho Nacional de Justiça e se colocou à disposição da Ordem para adotar esta providência, caso haja omissão da Corregedoria Geral de Justiça em Sergipe quanto às denúncias feitas pela OAB/SE.

 

“Se a Corregedoria Geral de Justiça no Estado não tomar nenhuma atitude, fica claro que houve uma recusa ou omissão por parte desta. Tomando conhecimento destes fatos, da omissão, da inércia da Corregedoria Geral de Justiça, e espero que isso não aconteça, o Conselho Nacional de Justiça tomará as providências cabíveis para determinar o cumprimento da lei”, disse o jurista.

 

Durante uma pesquisa realizada pela OAB/SE, foram detectados alguns abusos em relação à profissão do advogado. Lôbo, que participou do lançamento da campanha “Abra Os Olhos, Sem Advogado Não Há Justiça”, realizada pela OAB/SE, não poupou elogios à iniciativa.

 

“A OAB de Sergipe fez muito bem em sentir o compasso dos advogados mediante a pesquisa que organizou, em receber este sentimento e a indicação dos fatores de dificuldades para o exercício da advocacia para que possa representar à Corregedoria Geral de Justiça na expectativa de que a Corregedoria baixe provimento, que determine o fiel cumprimento da lei”, explicou.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais