Justiça concede habeas-corpus em favor de Floro

0

Floro Calheiros continua internado no Hospital Renascença
Aconteceu na manhã desta terça-feira, no Tribunal de Justiça, o julgamento do habeas-corpus de número 696/2008, questionando uma informação que existe no processo contra Floro Calheiros, quanto à existência de uma interceptação telefônica, divulgada à época pelos delegados Augusto Carvalho e João Eloy.

De acordo com o advogado Alexandre Maciel, todos os desembargadores da Câmara Criminal deram razão à defesa de Floro Calheiros, proibindo a utilização por meio da juíza ou do promotor, de informações que não constam no processo de Motinha. “Essas informações não podem ser utilizadas em desfavor de Floro, pois se elas não existem no processo, não tem como a defesa ser feita”, explica Maciel.

Prisão domiciliar

Com o pedido de prisão domiciliar negado pela Justiça, tão logo apresente melhora na saúde, Floro Calheiros deve retornar ao presídio.  Ele continua internado no Hospital Renascença, apresentando diarréia com sangue. Segundo o advogado Alexandre Maciel, o estado de saúde de seu cliente piorou. “Hoje o encontrei com a pressão arterial nove por cinco, com a voz trêmula e uma dicção quase inaudível, mas a informação na enfermaria foi de que seria por conta de um exame que iria fazer”, disse

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais