Laboratório de cocaína é descoberto em Socorro

0
Material usanos na fabricação das drogas (Fotos: Portal Infonet)

Um laboratório de cocaína foi descoberto pelo Departamento de Narcóticos em uma casa no conjunto João Alves Filho, em Nossa Senhora do Socorro. No local, foram presos Eduardo Santos da Silva, 31, conhecido como “Mamão”, e Claudiniê Pereira Brito, 30, considerados os principais responsáveis pela produção e distribuição das drogas na capital e interior do estado.

De acordo com o delegado Flávio Albuquerque, o imóvel no qual funcionava o laboratório foi alugado por Eduardo há seis meses. No local, os policiais apreenderam 2kg de cocaína pura, 4kg de comprimidos revestidos em pó branco, meio litro de acetona, uma prensa, uma centrífuga elétrica, uma balança de precisão e outros itens utilizados na fabricação de drogas.

“Eles pegam a cocaína pura e misturam com um produto indeterminado em uma centrífuga. Após essa mistura, eles colocam tudo em uma prensa para formar aquele tijolo de 1kg. Cada quilo de cocaína pura se transforma em 3kg, o que aumenta seu lucro e a sua rentabilidade”, detalha o delegado.

Homens foram presos em flagrante por tráfico de drogas

Flávio Albuquerque explica ainda que a droga utilizada pela dupla é oriunda do estado de São Paulo, e após a mistura, é distribuída em atacado na capital e interior do estado. “O Eduardo aprendeu essa técnica com um amigo em um colégio agrícola em Japoatã. Ele fez o contrato de locação com o proprietário do imóvel e há seis meses ele produz e distribui drogas em Aracaju e no interior”, retifica o delegado.

A polícia chegou até a dupla através informações encaminhadas via Disque Denúncia e registradas junto ao Denarc. A princípio, os homens não possuem passagens pela polícia, mas será feita uma identificação criminal, que permitirá uma pesquisa mais detalhadas em bancos nacionais. Também será investigada a participação de outras pessoas no esquema de tráfico.

Casa no conjunto João Alves Filho funcionava como laboratório

“Não é necessária a presença de outras pessoas para a prática que eles já vinham fazendo. Entretanto, como esse é um comercio dinâmico, seguramente outras pessoas podem estar envolvidas e por isso as investigações continuam. Mas o proprietário da droga e líder desta técnica, que é o Eduardo, está apreendido”, finaliza o delegado.

Eduardo e Claudiniê foram autuados em flagrante por tráfico e associação para o tráfico de drogas.

Por Verlane Estácio

Comentários