Latam suspende transporte de pets após morte de cão em voo SP-AJU

0
O serviço de transporte de animais junto com os passageiros está funcionando normalmente (Foto: Latam)

A Latam anunciou que suspendeu, desde a última sexta-feira, 15, o transporte de pets no porão das aeronaves da companhia. A medida foi adotada depois que um cachorro, da raça American Bully, morreu, na última quinta-feira, 14, durante um voo entre o Aeroporto de Guarulhos (SP) e o Aeroporto de Aracaju.

O transporte de animais foi suspenso pelo prazo de 30 dias. Em nota, a companhia informou que já vinha fazendo uma análise profunda de todos os procedimentos deste tipo de transporte, e que no incidente com o cão, cumpriu todos os processos de forma correta.

“Diante deste cenário, a empresa decidiu neste momento suspender a venda para o transporte de pets no porão das aeronaves nos 30 próximos dias para o mercado brasileiro”, diz a nota.

De acordo com a Latam, o laudo emitido pela clínica veterinária que atendeu o cachorro aponta que a cão roeu a madeira da kennel (caixa de transporte) em que ele estava e se asfixiou. Ainda segundo a companhia, a kennel estava em concordância com o processo de transporte de animais e de grande porte da empresa.

A informação da companhia para quem já adquiriu o serviço de transporte de pets é que o cliente poderá seguir com o transporte normalmente, postergar sem custo ou então optar pelo reembolso nos canais de atendimento.

O serviço da companhia que permite levar os animais de estimação na cabine da aeronave, junto aos passageiros, segue normalmente.

Outro caso

No mês de setembro,  outro cachorro acabou morrendo após ser transportado no porão de um avião da Latam que fazia o voo entre São Paulo e Rio de Janeiro. A tutora do animal divulgou na rede social que o animal só foi entregue a ela, quase morto, uma hora e meia depois do avião chegar ao destino. O animal não resistiu e morreu.

Por Karla Pinheiro 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais