Laudo da PRF aponta que bloqueio causou acidente na BR

0
Bi-trem colidiu em diversos veículos provocando explosões (Foto: arquivo Portal Infonet)

O bloqueio de trânsito foi a principal causa do acidente envolvendo uma carreta bi-trem e 15 veículos, na BR 101, no último dia 11 de março. No momento do acidente, a via estava congestionada por causa de um ato promovido pelo Movimento Sem Terra. Após investigações, a Polícia Rodoviária Federal divulgou um laudo que também aponta a velocidade da carreta como um dos fatores da tragédia. O material já foi encaminhado à Delegacia de Delitos de Trânsito.

De acordo com a assessoria de comunicação da PRF, o laudo com cerca de 150 páginas aponta como fatores principais o bloqueio viário feito e o comportamento do condutor da carreta que transitava cuja velocidade era de 86,8 km. Para a PRF, existem duas possibilidades: o condutor pode ter demorado a acionar os freios ou estes não funcionam quando devidamente quando acionados.

Ainda de acordo com o laudo da PRF, havia pouca visibilidade no local em virtude da inclinação da via que apresenta falha de engenharia e sinalização, fator que também contribuiu para ocorrência do acidente.

MST

A representante do Movimento Sem Terra de Sergipe (MST), Gislene Reis, informou que ainda não tem conhecimento do conteúdo do laudo e que não pode se pronunciar a respeito de um assunto do qual não tem informações.

Gislene informou ainda que tem conhecimento de que a PRF divulgou um laudo culpabilizando o movimento, e que este tem ratificado que não tem responsabilidade sobre a tragédia.

Acidente

A carreta bi-trem colidiu em uma fila de veículos parados na BR, 101, km 111, no sentido Aracaju-Salvador. O acidente envolveu 16 veículos, dos quais oito pegaram fogo. Três pessoas faleceram, entre elas, a nutricionista Vanessa Rúbia Santos, 28, o taxista Raildo de Oliveira Santos , 4, e a cuidadora Maria José de Melo Oliveira, 41.

Por Verlane Estácio

Confira o vídeo com a simulação feita pela PRF.

Comentários