Laudo de morte de menina não é conclusivo

0

O caso foi registrado em Nossa Senhora da Glória (Foto: Arquivo Portal Infonet)
O delegado do município de Nossa Senhora da Glória, Samuel Oliveira, já possui o laudo do Instituto Médico Legal (IML) sobre a morte de uma menina de oito anos que teria falecido após aplicação de uma medicação venosa no hospital da região.

De acordo com o delegado, o laudo do IML não é conclusivo e aponta que Keila Keslam de Oliveira faleceu vítima de problemas de saúde. “O laudo é 50% conclusivo e diz que a menina faleceu em decorrência de problemas de saúde já existentes”, explica Samuel.

Para definir a causa da morte, um novo laudo, dessa vez com o resultados dos exames de sangue, está sendo aguardado. “Com o resultado desses exames vamos poder saber o que realmente causou a morte dessa menina”, enfatiza o delegado que ouvirá ainda nesta semana o médico e o enfermeiro que prestou atendimento a Keila Keslam.

Morte

De acordo com parentes a menina de apenas oito anos faleceu após tomar uma medicação venosa no Hospital Regional de Glória no dia 18 de setembro. A família procurou a delegacia e pediu que o caso fosse investigado.

Por Kátia Susanna

Comentários