Lentidão na vacinação é alvo de protesto de sindicatos em Aracaju

0
Para Silva, a vacinação ainda está aquém do desejado. “O que estamos vendo é uma vacinação a conta gotas”, diz. (Foto: Ascom/CUT)

Centrais sindicais se reuniram na manhã desta quarta-feira, 7, para mais uma agenda de manifestação no centro de Aracaju. Segundo o presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Roberto Silva, o objetivo é alertar sobre a importação da vacinação em massa para os trabalhadores que estão todos os dias saindo de casa em meio à pandemia.

“Hoje é comemorado o Dia Mundial da Saúde e este ato marca a cobrança pela quebra das patentes de vacinas. Precisamos comprar vacinas para a população. É preciso que o Governo de Sergipe garanta de maneira urgente a vacinação para todos os trabalhadores”, avalia Silva.

Roberto Silva, presidente da CUT (Foto: Ascom/CUT)

Na visão do sindicalista, somente a vacinação em larga escala pode preservar a vida dos trabalhadores, sobretudo aqueles que se deslocam para o trabalho através do transporte coletivo. “Com esse ato aqui na praça queremos mostrar para os trabalhadores que passam a importância da vacinação e a importância de se proteger contra esse vírus. Além de cobrar dos gestores mais respeito a vida dos trabalhadores que usam o transporte coletivo”, salienta Silva.

Para Silva, a vacinação ainda está aquém do desejado. “O que estamos vendo é uma vacinação a conta gotas. É necessário que haja um empenho das autoridades para preservar à vida da população”, salienta.

Governo de Sergipe

Em comunicado, a Superintendência de Comunicação afirmou que o Governo de Sergipe já iniciou a compra de 400 mil doses de vacina Sputnik V. “Ontem, houve uma reunião com a Anvisa para solicitar agilidade na autorização. Após a autorização do órgão, o Estado efetiva a compra”, informa.

por João Paulo Schneider 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais